casamento gay na argentina

A Argentina se juntou à outros dez países do mundo que aprovam por lei o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O casamento foi aprovado legalmente no dia 15 de julho, quinta feira e foi marcado por brigas do governo com a igreja católica, que levou os fiéis até mesmo a fazer protesto em frente ao Legislativo e chamaram a iniciativa de “projeto do diabo“. A presidente Cristina Kirchner definiu a atitude como um retorno à época da Inquisição.

A Argentina é o primeiro país latino americano a adotar essa igualdade entre hetero e homossexuais. O primeiro no mundo foi a Holanda. A votação no senado mostra que as opiniões são bem divididas a respeito: foram 33 votos contra 27, e foram necessárias catorze horas de debates. Agora, quando uma casal argentino se casa (no civil, é claro, a igreja continua contra), ao invéz de “marido e mulher”, são declarados “cônjuges”.

Vale lembrar que tudo, ou pelo menos quase tudo tem uma razão política. Nestor Kirchner, marido de Cristina, provavelmente concorrerá as eleições presidenciais de 2011 e ele pretende recuperar o apoio da classe média, que em sua maioria é a favor à nova lei. Isso talvez explique o esforço do governo atual em aprovar o casamento gay, tudo com algum interesse.

adminInformativosNotíciasagertina noticias,argentina,argentina casamento gay,casamento,gay,notícias
A Argentina se juntou à outros dez países do mundo que aprovam por lei o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O casamento foi aprovado legalmente no dia 15 de julho, quinta feira e foi marcado por brigas do governo com a igreja católica, que levou os fiéis até...